Páginas

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

#537





tenho-me apercebido que estes últimos dias tenho sentido uma enorme saudade de ti ; desde a ter-te sempre no meu pensamento a sonhar contigo . está a ser difícil , e a cada dia que passa mais difícil se torna . dizem que o tempo cura tudo e ajuda a esquecer , mas comigo isso não tem acontecido . nem sequer tem ajudado a amenizar a dor da ausência . 
amo-te e isso a cada dia é mais forte que eu !  

6 comentários:

  1. Ah, e esqueci-me de acrescentar no comentário anterior: se o que referes neste post estiver relacionado com o fim de uma relação, posso dizer-te por experiência própria que o tempo ajuda. Algumas pessoas precisam de 5 meses e outras de 1 ano, mas o tempo ajuda mesmo. Cada um de nós tem o seu ritmo a "curar" estas cicatrizes. Passei por essa situação em Maio e tenho-a vivido até hoje porque, na verdade, não passa assim tão depressa. Mas posso assegurar que, em menos de um ano, dei passos gigantes na direção de uma recuperação saudável e cheia de amor próprio. Acredita que o melhor a fazer é perceberes que te amas mais do que a qualquer outra pessoa e que o fim de alguma coisa é apenas uma forma de a vida te fazer perceber o que estava mal e o que pode melhorar, não só na relação mas também em ti mesma e na tua vida. Parece impossível, eu sei, mas time does it all.

    ResponderEliminar
  2. Como te entendo :/
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Hello from Spain: Fabulous message.- I just discovered your blog and I like the variety of topics that you write. Right now I have a blog dedicated to Barbie dolls that I invite you to visit: http://all4barbie.blogspot.com.es/ If you want we keep in touch. I already made me a follower of your blog.

    ResponderEliminar
  4. A dor da ausência é das coisas que custa mais, por todas as lembranças que deixa ficar. Força!

    ResponderEliminar
  5. r: Percebo exatamente o que queres dizer, acho que quando o amor é de facto verdadeiro e a idade já nos permite perceber isso torna-se bem mais difícil. Mas acredita quando te digo que, embora a dor nunca passe, ela ameniza e aprendemos a viver com ela. É como quando morre alguém da nossa família, dói muito, parece que o mundo vai acabar, passados anos ainda dói, mas aprendemos a lidar com tudo isso.
    Namorei 2 anos e meio

    ResponderEliminar

deixa a tua marca aqui (a)